A importância de alguns “por quês”.

*Por que é feito o aquecimento?*

O objetivo do aquecimento é preparar o corpo para que ele possa executar bem os movimentos e não correr riscos de distensão muscular, lesões, etc. Sabe-se que, quando o aluno está devidamente aquecido, sua flexibilidade e seu equilíbrio aumentam.


*Por que a bailarina deve usar collant e meia calça para fazer as aulas e o bailarino usar collant e em alguns casos até meia calça?

Por permitir uma maior liberdade dos movimentos e para que sua professora tenha uma visão ampla e clara do corpo trabalhado. Assim sendo, não se permite o uso de camisetas ou malhas largas por cima do collant. Pois a postura da aluna fica encoberta; nem de tornozeleiras, anéis, pulseiras, brincos grandes, colares e tiaras. Pois é perigoso se machucarem e tiram a concentração.

* Por que o cabelo deve estar sempre preso em coque?

Por permitir trabalhar melhor a linha do pescoço e da cabeça. Quando o cabelo está solto ou com franjas, a aluna se distrai mais facilmente ao tirá-la dos olhos e, também tira a força da cabeça nos movimentos de giro.

* Por que a bailarina usa sapatilhas para dançar?
Por permitir uma maior fluidez de movimentos e o deslize pelo chão sem machucar os pés. As sapatilhas devem ser macias e flexíveis, não podem estar apertadas nem largas demais.




**NÃO CUSTA NADA!!!
ETIQUETA NAS AULAS É IMPORTANTE... PQ???

Uma aula de dança é muito diferente de um laboratório de criatividade. Sua estrutura é complexa e extremamente relevante. Este é um guia de sugestões práticas. Algo pode ser útil, afinal, se ninguém lhe mostrou como se portar, como você poderia adivinhar?

• Seja pontual. Caso chegue atrasado à aula já iniciada, peça ao professor permissão para entrar, de maneira discreta, sem alarde.

• Desligue seu celular. Ou melhor, deixe-o do lado de fora da sala. Aproveite e jogue fora o chiclete também.

• Uniforme: Descubra antes da aula se sua escola exige ou não uniforme. Caso adote, providencie logo, minimizando gafes desnecessárias.

• Se a aula já começou, aqueça-se antes de começar! É a maneira mais eficaz de prevenir lesões e preparar o corpo para a dança. Mas faça em silêncio, em qualquer canto da sala, e só então acompanhe a turma.

• É o professor que manda, dirige e ensina no seu território. Ele está trabalhando ali, tentando fazer o seu melhor. Mostre algum respeito à sua condução e propostas.

• Use sua aula para estudar! Apesar de ser uma ótima ocasião para fazer novos amigos, as aulas de dança não são terapia em grupo e nem um bar. Converse com os amigos em outra ocasião. Aproveite cada aula como uma chance de aprender, crescer, se concentrar e se beneficiar de tudo mais que a dança pode te proporcionar.

• Complexo de “primeira bailarina” é muito deselegante. A sala de aula é um local onde todos estão lá para estudar igualmente. Seus colegas não são sua platéia. Não domine o ambiente com perguntas desnecessárias ou atitudes blasés. Cumprimente todos, seja amigável e flexível, e lembre-se que você não é o centro das atenções. Toda a turma tem chances iguais.

• A sala de aula é um local democrático. Não seja espaçoso, você não é dono de nada e não há lugares pré-determinados. Sendo assim, qualquer um pode ocupá-los.

• Fica com sede durante a aula? Normal. Muito melhor do que sair a cada momento para se refrescar é levar uma garrafinha de água pra sala. Não atrapalha a aula e você não perderá nenhuma explicação/exercícios.

• Novatos precisam de atenção e encorajamento. Seja generoso e mostre seu apoio. Com certeza eles se sentirão mais confortáveis para se expor e o professor poderá lhes dar mais atenção. Cuidado com os ciúmes!

• Seja pró-ativo. Se o professor pedir para que demonstre um exercício, encare como mais uma oportunidade de estudo. Por que negar?

• Quem respeita recebe respeito em troca. Caso o professor divida a turma em grupos, respeite os colegas enquanto executam algum exercício. Não converse, nem fique criticando ninguém, mesmo que você veja defeitos na sua maneira de executar. Manter as regras mínimas de boa educação é algo básico.

• Faltou na aula? Às vezes acontece, mas nem o professor, nem a turma têm culpa disso. Não adianta chegar na aula seguinte bombardeando milhares de perguntas ou se sentindo injustiçado. Se você perdeu matéria, se esforce para “pegar”, mas sem “causar”.

• Respeite sua vez e deixe os outros aproveitarem sua chance de fazer o exercício também. Siga o fluxo e nunca pare no meio ou passe na frente de alguém em “movimento”. Sem querer você pode causar um pequeno acidente.

• Ao final da aula agradeça o professor, e ao trabalho desenvolvido ali. Bater palmas junto dos demais colegas é um sinal de gratidão adequado.