No ballet, a maior parte dos termos técnicos são mencionados em francês. 
Por isso, para alguns alunos, as primeiras aulas teóricas ou práticas podem se tornar um paredão por desconhecimento da língua francesa. 
Mas aquilo que parece uma dificuldade, na verdade não é. Ao longo do curso o aluno terá muitos meios de aprender a língua do ballet. 
Durante a evolução da sua educação ou até mesmo da sua carreira, quando deseja e ampliar o seu aprendizado para o exterior, todos poderão seguir as aulas ou os comandos dos ensaios, porque a língua usada continuará a ser o francês. 

Os professores em qualquer parte do mundo, usam os mesmos termos em francês. Isto é, o francês é a língua internacional do ballet.

Além disso, este Blog apresenta uma longa série de ilustrações que acompanham os principais termos usados no ballet e começa com a ilustração das principais posições codificadas dos pés, dos braços, do corpo e das direções ou alinhamentos do corpo na sala ou no palco.

Finalmente, devemos acrescentar que nenhum dicionário de forma alguma substitui o professor ou a professora de ballet, figuras que merecem todo o nosso respeito e admiração.

Beijos com carinho da Sissa♥